Testando o Scribus (1.3.xcvs) com o klik

From Scribus Wiki
Jump to: navigation, search
Important.png
Atenção: O artigo 'Testando o Scribus (1.3.xcvs) com o klik' foi marcado como desatualizado ou depreciado. As instruções constantes neste artigo podem não funcionar com as úttimas versões do Scribus.
Você pode ajudar a Wiki do Scribus reescrevendo ou atualizando este artigo.

Versão em Inglês.

Testando o Scribus de um modo simples

O Scribus 1.3.x CVS - versão que está em desenvolvimento - pode ser facilmente "instalada" e executada a partir de um único clique no link klik://scribus-latest. Detalhes sobre o klik podem serem vistos neste artigo do .dot escrito por Kurt Pfeifle.

O klik é uma nova e excitante tecnologia que recentemente fez sua aparição no Linux.

O klik instala e executa o software que fica contido em arquivos com uma extensão .cmg. Estes arquivos são diretórios de aplicativos compactados (AppDirs) - estruturas de diretório que contém tudo, bibliotecas, binários e modelos que o aplicativo precisa para ser executado. Bem, não tudo,... O klik assume que o sistema base de instalação já possui um conjunto mínimo de bibliotecas e utilitários. Apesar de que o klik *poderia* incluir tudo, isto não seria prático, já que criaria arquivos imensos. Os pacotes klik são o mais alto-contidos que possam ser, assim eles podem ser executados em diversas plataformas. Claro que isto não será feito para *cada uma*. As primeiras plataformas qu são suportadas pelo nosso novo klik://scribus-latest são o openSUSE 10.0, Debian, Kubuntu, Ubuntu, Knoppix e Kanotix. Outras ainda por vir.

Veja o que é preciso fazer:

  • tenha certeza que você esteja usando uma das plataformas citadas anteriormente. (Por favor, testem em outras plataformas também e nos conte os detalhes. Isto *pode* funcionar sem que nós saibamos.)
  • abra o "mini CLI" com as teclas [alt]+[F2], cole o comando "wget klik.atekon.de/client/install -O - | sh" e execute-o. Isto instalará o cliente klik. (Requerido apenas uma vez. O Kanotix já possui o klik pré-instalado).
  • abra o mini CLI novamente e digite "klik://scribus-latest", Você pode fazer o mesmo no Konqueror.

A última versão CVS do Scribus (1.3.X) irá parecer e executar-se. Antes de fecha-la, você será questionado se deseja dar seu feedback. Por favor, faça-o. Você encontrará o arquivo "scribus-latest.cmg" em sua área de trabalho.

Você pode executar o Scribus novamente a partir deste pacote .dmg usando:

  • a) o Konqueror, apenas clicando sobre o arquivo;
  • b) executando o comando: $HOME/.zAppRun $HOME/scribus-latest.cmg

Se você não gosta da localização atual do seu arquivo scribus-latest.cmg, mova-o para algum outro lugar (e adapte o comando anterior de acordo com a nova localização). Ainda, depois de mover o arquivo para longe da área de trabalho, você talvez precise executar o "kmenuedit" e alterar a localização do arquivo .dmg na entrada scribus-latest.