Entendendo o Scribus:10

From Scribus Wiki
Jump to: navigation, search
 Entendendo o Scribus
Autores atuais:   Autores da Wiki do Scribus
Autor original:   Niyam Bhushan, 2004
Licença:   GNU Free Documentation License, Versão 1.2
Título original:   Get Started With Scribus 2006
    
 Capítulo X
editar

Introdução

  1. O que você pode fazer no Scribus
  2. Scribus e seus primos
  3. Em branco...
  4. A Capa
  5. Trabalhando com camadas na página
  6. Criando múltiplas páginas
  7. Criando layouts de página definitivos
  8. Design com gráficos e liberdade
  9. Mandando ver com gráficos SVG
  10. Publicar exige Liberdade.PDF
  11. Viajando à velocidade do Scribus
  12. Contribuidores
  13. GNU Free Documentation Licence

Publicar exige Liberdade.PDF

Formulário PDF

A captura a seguir mostra a versão para Linux do Adobe Reader. Sim, uma versão gratuita do leitor está disponível no site da Adobe. O documento que você vê na imagem é um placar criado com o Scribus. O fundo é um gráfico SVG e os campos, caixas e botões foram criados no próprio Scribus. Sim, o PDF possui elementos de Javascript incorporados a partir do Scribus.

Clique para ampliar

Você advinhou: O scribus também é um maduro programa de autoração de PDF. Use-o para criar formulários PDF, documentos e até mesmo assinar digitalmente seus PDFs.

Para sua conviniência, a arquivo-fonte está disponível para download.

Criando o layout do formulário PDF

Apesar da aparência complicada, o layout é bastante simples possuindo apenas uma única coluna dividida em dois: metade com todas as questões em um quadro de texto à esquerda e a outra metade com algumas informações num quadro de texto à direita. Manchete, nome, endereço etc ficam num quadro de texto que ocupa toda a largura da página. As faixas coloridas que marcam as seções são obviamente retângulos coloridos colocados atrás das sub-seções. Ao fundo, temos o logo "Inflamável" colorido em vermelho com 20% de intensidade. Ele é mantido em uma camada a parte, abaixo de todas as outras.

Elementos PDF

A questão mais importante é: Como os campos de texto e número, botões de checagem e de envio funcionam de forma interativa dentro do Adobe Reader ou de outro leitor de PDF? Use as ferramentas PDF em Janela > Ferramentas PDF. Um vasto número de elementos PDF podem ser autorados no Scribus.

Ferramentas PDF

Um vez criado, use as Propriedades para dar algum acabamento cosmético. Depois, clique com o botão direito do mouse sobre o elemento PDF e selecione Propriedades do campo.

FYug-PDF-1.png

Você também pode clicar duas vezes sobre o elemento para configurá-lo através das opções PDF. Todos os recursos de formulários específicos de PDF serão exibidos em uma janela de diálogo. A partir dela você pode mudar o tipo de elemento de formulário (no campo Tipo), definir ações de mouse (como clique, mouse over, mouse out...) na aba Ação, formatar os campos como número, texto ou data (na aba Formato), definir o modo que os valores de campo devem ser validados (em Validação) ou calculados (em Cálculos)... Aproveite.



FYug-PDF-2.png


☺ 

Mais sobre autoração de PDFs no Scribus? Veja o passo a passo no Seu primeiro formulário PDF usando o Scribus.

PDF para impressão

O maior recurso do Scribus é a possibilidade de criar arquivos PDF que podem ser manipulados em bureaus e gráficas rápidas e de produção. O PDF vem em diversas versões, mas vamos citar a X-3, usada na impressão gráfica.

O PDF/X-3 basicamente significa um PDF baseado na linguagem Postscript tipo 3 e contém perfis de cor ICC para manipular de forma independente o gerenciamento de cor, não importa onde.

Para criar um PDF/X-3 ou outro mais genérico que funcione na sua impressora doméstica ou voltado para internet, clique no botão PDF na barra de ferramentas. Uma caixa de diálogo contendo tudo o que você precisa para personalizar o seu PDF aparecerá. Explore.

Escolha pelo sabor

Na aba 'Geral, selecione o PD/X-3 no menu Compatibilidade. É bom re-escalonar as imagens para 300 DPI.

FYug-PDF-3.png

Gerenciamento de cor

Na aba Fonte, escolha incorporar todas as fontes. Na aba Cor você pode usar um perfil ICC para o arquivo e escolher o tipo de saída (renderização pretendida) do PDF, além de escolher entre usar o perfil de cor original da imagem ou substitui-lo por um outro. Se você não entende como isto funciona, não se preocupe, é simples.

FYug-PDF-4.png

☺ 

Leia o Instalando perfis ICC para mais ou consulte
a documentação oficial no site do Scribus.

Tintas de impressão

Na aba PDF/X-3 você pode escolher o tipo de perfil de saída -- que é basicamente a escolha do tipo de tinta e papel da sua revista -- você também pode fornecer strings de impressão. Forneça o nome do seu arquivo aqui. Você também pode lidar com o trimming (a alteração de uma folha no documento para um tamanho um pouco menor que a original de modo a acomodar área de impressão).

FYug-PDF-5.png

Por favor, antes de enviar o seu documento para impressão, vá ao menu Arquivo > Visualizar impressão e verifique o documento. Lá você poderá simular a impressão "real" imitando as tintas CMYK.

Caixa de ajuste (trim box)

Arquivo do Scribus para impressão

Se você é abençoado em ter uma gráfica que suporte o Scribus e deseja levar o arquivo "aberto" para impressão, use o menu Arquivo > Colecionar saída. Selecione um diretório para que o Scribus possa copiar seus arquivos para dentro dele como imagens, textos, gráficos etc. Transfira esse diretório para sua gráfica. Também recomendamos que você jogue uma cópia do Scribus dentro dessa pasta, assim, alguém que não conhece o Scribus pode desfrutar das maravilhas do programa. Vá em frente, isto é perfeitamente legal, graças ao pode da GPL.